Por que amamentar é tão importante?

27 de julho de 2015


A amamentação é muito importante, tanto para a mãe quanto para o bebê, porque através do leite materno o bebê se previne e fica livre de muitas doenças como alergia, asma, bronquite, rinite, diarreia, pneumonia, colesterol alto, diabetes, dentre outras. Sem contar que ela ajuda no posicionamento do maxilar, ajudando assim a maturação e crescimento dos ossos e músculos da face.
E a mãe se recupera mais rápido da gestação, dado que a amamentação contrai o útero, fazendo com que ele volte ao normal mais rápido, com isso evitando sangramentos excessivos anulando o risco de anemia e ajuda a mãe emagrecer fazendo com que ela perca de 500 a 700 calorias por dia, ideal para perdermos aqueles quilinhos a mais que ganhamos na gestação, além de reduzir o risco de câncer de mama e ovário.

E na minha opinião, é um momento único, onde a mamãe tem nos braços aquele bebezinho, tão dependente olhando em seus olhos, é um momento mágico.

O indicado que até os 6 meses de vida o bebê seja alimentado somente com o leite materno, a partir do 6º mês começar a introduzir outros alimentos, como frutas, sopa de legumes entre outros alimentos saudáveis, mas não significa que a amamentação tenha que ser interrompida. O ideal é que ela dure até os dois anos ou mais, ou até quando a mãe tiver leite disponível.

Muitas mães não sabem mas é necessário preparar o corpo para a amamentação, existem exercícios de preparação específicos para os seios e os mamilos, geralmente eles são orientados pelo obstetra que acompanha a gestante, quando a mesma realiza o pré-natal. O ideal é que a mãe pratique esses exercícios para ir se acostumando com as mudanças nos seios.

Leia também: A importância do pré-natal

Eu tenho próteses de silicone, posso amamentar?

Claro que sim! A prótese de silicone não influência a amamentação. O implante de silicone é posicionado a baixo da glândula mamária, não entrando em contato com o leite.

Nota: o implante de silicone não atrapalha na amamentação, porém a redução de mama pode influenciar na amamentação,( não no leite) devido as intervenções que a mama é submetida.

Será que vou ter leite suficiente para amamentar?

A lógica é simples, quanto mais você amamentar, mais leite vai produzir.
Somente 2% das mulheres apresentam dificuldades físicas para produzir quantidade ideal de leite, é necessário ressaltar que todas mulheres possuem a capacidade de produzir leite.

Então, agora que você já sabe os benefícios que a amamentação oferece para você e o bebê, nada de sair por aí querendo dar apenas fórmulas infantis, leites industrializado para o seu bebezinho (exceto com ordem médica).


Comente com sua conta Blogger
Comente com sua conta Facebook
Comente com sua conta Google+

4 comentários:

  1. Ah que post lindo!!! Eu amei essa fase, graças à Deus tive muito leite e consegui amamentar minhas duas filhas, o momento mais mágico e que tenho mais saudade. Não tem preço aquele olhar te encarando no momento do aleitamento!
    Beijo
    www.universomachie.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Da, é um momento lindo, mágico. Em pensar que te muitas mães por aí que preferem não amamentar, não sabem o que estão perdendo.

      Excluir
  2. Adorei seu blog e essa dica é super importante!
    Seguindo, segue de volta?
    http://momentopenelopebyangel.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Angélica, fico feliz em saber que gostou.
      Sigo sim, beijos.

      Excluir